domingo, 24 de maio de 2009

Discussão sobre o Plano de Carreira na EAD

Nesse exato momento termina a fala do Prof. Enilton Ferreira e vários pontos foram abordados, como:
  1. Colocar o material na mão de um professor que não tem a autoria, pode ser um problema.
  2. Por que separar o professor tutor do professor autor?
  3. Importância do modelo pedagógico para que o professor não fique repetindo o conteúdo da sala de aula.
  4. No geral as Instituições visam o projeto pedagógico, portanto cabe aos professores a mobilização para criação de um plano de carreira.
  5. Fazer um Projeto de EAD não é fazer um Projeto pedagógico. Para o projeto de EAD é necessário: Planejar, executar e fazer a gestão de resultados (importantíssimo para todos envolvidos).
  6. É importante controlar a tecnologia interna e externa para o bom funcionamento da EAD.
  7. Um erro da EAD é preparar os professores e não preparar os alunos.
  8. É importante se criar um modelo pedagógico. Existem várias ferramentas no mercado que estão sendo utilizadas com caráter educacional, mas não possuem um modelo pedagógico, funcionam como um oba oba!
  9. É hora de sistematizar a docência virtual: O poder legislativo precisa legislar sobre a gestão de pessoas na EAD; O sindicato dos professores precisa intervir nesse processo propondo mudanças; nós professores temos que participar desse processo de mudança, colaborando na construção de políticas justas de remuneração e carreira na EAD.

1 comentários:

Etti disse...

Adorei as preocupações e explanações sobre o tema. Os tutores e mediadores precisam se preocupar com a qualidade de seu trabalho assim como a valorização de suas carreiras em EAD. Parabéns.Lisete - Santos